Instituto Conhecimento Liberta

Moda e Modernismo no Brasil

Carolina Casarin
Pilar: Cultural
Moda e Modernismo no Brasil
Esse e mais de 250 cursos. Todos juntos a partir de R$ 47/mês
QUERO SER MEMBRO
Detalhes do curso
10 aulas
100% online, faça no seu ritmo
Acesso completo
Certificado de conclusão

Ao aproximar moda e modernismo, o curso propõe uma abordagem ainda pouco usual do modernismo brasileiro, a partir da análise da aparência de dois de seus grandes ícones: Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral. Ao longo da década de 2020, estamos vivendo o centenário de inúmeros fatos culturais marcantes para a história do Brasil, como a Semana de Arte Moderna, que aconteceu na cidade de São Paulo em fevereiro de 1922; a realização do quadro A negra, de Tarsila do Amaral, em 1923; a publicação do Manifesto da Poesia Pau-Brasil, de Oswald de Andrade, em 1924; a viagem da caravana de modernistas paulistas a Minas Gerais, no mesmo ano; a abertura da primeira exposição individual de Tarsila, que ocorreu em Paris, em 1926; o lançamento dos livros Pau-Brasil, de Oswald, em 1925, e Macunaíma, de Mário de Andrade, em 1928; a primeira individual de Tarsila no Brasil, no Rio de Janeiro, em 1929.

Essas efemérides nos convidam a pensar sobre a maneira como as imagens de Tarsila e Oswald – o casal Tarsiwald, como assim os chamou o amigo Mário de Andrade – fazem parte da história da nossa cultura e reverberam há cem anos no imaginário nacional. À medida que os dois, cada um a seu modo, iam construindo suas personas, criaram também uma aparência que colaborou para o fortalecimento e a definição estética do modernismo brasileiro nos anos 1920. Tarsila e Oswald foram clientes da alta-costura francesa, e as escolhas de Tarsiwald no campo da moda podem ser pensadas de maneira análoga às proposições estéticas da primeira geração do movimento modernista.

Ao longo dos encontros, vamos analisar um conjunto eclético, dos mais variados tipos de registro da aparência de Tarsila e Oswald. Certamente, parte da memória da relação que um dia se estabeleceu entre os corpos e as roupas que os vestiram está impressa nas imagens e nos discursos, e numa infinidade de documentos que tornaram possível montar o guarda-roupa modernista. Esse corpus amplo evidencia a importância da aparência, das roupas e da moda no percurso artístico e literário de duas figuras centrais do modernismo brasileiro e permite esmiuçar a relação do casal com a alta-costura francesa, em especial a maison Paul Poiret.

O que você vai aprender

Apresentação de uma visão aprofundada da história do vestuário e da moda, ampliando a compreensão sobre o ato de vestir e a importância do objeto de vestuário como fonte documental. É possível ampliar o cânone dos estudos em artes visuais a partir de abordagens multidisciplinares que, além de trabalhar os suportes tradicionais, optam por objetos de estudo antes negligenciados pelo saber científico e pela crítica.

Um breve exposição da história da moda no Ocidente e da maneira como foi forjado, também no vestuário, o conceito de modernidade.

Alguns antecedentes da Semana de Arte Moderna, realizada em 1922. No centro da construção da ideia de Brasil moderno está a cidade de São Paulo, descrita como o lugar onde uma nova linguagem é exigida. No Cadillac de Oswald, o Grupo dos Cinco dá “vazão àquele fogo interior”, nas palavras de Tarsila.

A importância da aparência no quadro da arte moderna e no modernismo brasileiro. Na década de 1920, o grupo modernista esteve alinhado às normas do vestuário de elite. A intensa sociabilidade dos modernistas de São Paulo no início do século XX, em almoços, aberturas de exposições, viagens ou reuniões de amigos: como se vestiam os artistas – escritores, artistas plásticos, músicos – e seus parentes, amigos, colaboradores e incentivadores.

Criado num ambiente de cuidado excessivo, Oswald mostrou-se profundamente marcado pela figura da mãe. Por outro lado, o caráter original e desafiador de Oswald incomodou seus pares, oriundos da elite paulista, que o acusaram, não raras vezes, de inconsistente, devasso, excêntrico, exuberante, palhaço – alguém dotado de humor, característica essencial do temperamento, da obra e da aparência de Oswald.

A aparência de Tarsila é um ponto sempre explorado pela história e pela crítica do modernismo brasileiro, que muitas vezes vincula o discurso sobre Tarsila à sua sofisticação. De fato, seu guarda-roupa entre 1923 e 1929 revela uma criatura ambiciosa e confiante, que valorizou a aparência e se vestiu de modo suntuoso, investindo na consolidação do seu lugar de artista.

A presença do costureiro Paul Poiret é forte na avaliação da trajetória artística de Tarsila. Se por um lado podemos refletir sobre a relação entre o modernismo e a moda, ou seja, quais foram os usos que os modernistas fizeram da moda, em outra perspectiva, ao olhar o assunto numa via de mão dupla, vamos debater o assunto moda e modernismo. Quer dizer, de que maneira está configurada uma moda feminina moderna nos anos 1920, no seio da alta-costura francesa, e como o modernismo brasileiro se relaciona com ela.

Não são raras as fotografias do casal Tarsiwald a bordo de um navio. Os documentos comprovam a intensidade dos deslocamentos: fotografias, cartas e cartões-postais, e também um álbum de viagens da artista. Há uma caixa de chapéu, que pertencera a Tarsila, coberta de adesivos dos embarques e desembarques dos navios e check-in em hotéis. Para as ocasiões de turismo, travessias oceânicas em navios requintados, jantares, festas, Tarsila preparou um enxoval com roupas da maison Paul Poiret.

O casal Tarsiwald esteve sempre consciente da relevância de suas escolhas no campo do vestuário e da moda e usaram, de maneira engenhosa, a aparência no projeto estético do modernismo. Os dois souberam inserir a moda francesa, por meio da figura de Tarsila, na estética Pau-Brasil. Ao mesmo tempo, a alta-costura, a moda, as roupas de luxo legitimam o “bom gosto”, de Tarsila e Oswald e, especialmente entre seus pares da elite, os autorizam a produzir uma arte moderna e brasileira.

A festa de casamento, os vernissages, os almoços oficiais, as viagens e até as temporadas nas fazendas são cerimônias em que a alta-costura é um traço, simbólico e tangível, da experiência de retroalimentação da classe burguesa, que cultiva e celebra sua própria distinção. Ao mesmo tempo, o vestido de casamento manifesta uma característica do movimento modernista, que procurou congregar uma força de enraizamento e outra de atualização.

Conheça sua professora

Moda e Modernismo no Brasil

Carolina Casarin

Carolina Casarin é autora do livro “O guarda-roupa modernista: o casal Tarsila e Oswald e a moda” (Companhia das Letras, 2022). Doutora em Artes Visuais e mestre em Letras, escreve para jornais e revistas, dá aulas de história da moda, é figurinista e editora de livros. Nasceu em Maceió, Alagoas, em 1983. Viveu mais de trinta anos no Rio de Janeiro e atualmente mora em São Paulo.

40.000
Alunos
450
Avaliações
99%
Avaliações Positivas
Zero Risco

Investimento Zero Risco para você

Adquira agora e se dentro de 15 dias você achar que não é para você, é só enviar um e-mail para contato@institutoliberta.com.br que devolvemos seu investimento, sem questionamentos ou demora. Garanta Agora Mesmo!

Zero Risco

Como são os cursos

Você monta sua grade e horários

Estude em casa ou de onde quiser, basta ter uma conexão de internet. Todas as aulas ficam numa área de membros, que você pode acessar sempre que quiser, enquanto sua assinatura estiver ativa.

Professores altamente especializados

Procuramos reunir os grandes nomes de cada especialidade, para entregar o melhor conteúdo. Cada professor traz a teoria que pode ser facilmente absorvida e também vivências práticas resultado de uma carreira de excelência.

Tire todas as suas dúvidas

Cada curso possui um formulário onde você pode deixar suas dúvidas que são respondidas nas aulas tira-dúvidas. Esse é um momento que o professor reserva para esclarecer as dúvidas mais comuns.

Certificado de conclusão

Você poderá atestar sua participação no curso com um certificado de conclusão emitido pelo instituto, para comprovar sua conquista e que você poderá compartilhar inclusive com possíveis empregadores.

Conheça outros cursos

10 Lições de Psicanálise

10 Lições de Psicanálise

Daniel Omar Perez Daniel Omar Perez
LinkedIn Profissional: Marca Pessoal e Vagas

LinkedIn Profissional: Marca Pessoal e Vagas

Arlane Gonçalves Arlane Gonçalves
13 Livros para compreender o Brasil

13 Livros para compreender o Brasil

Suze Piza e Lindener Pareto Suze Piza e Lindener Pareto
Mindfulness e Meditação

Mindfulness e Meditação

Marco Schultz Marco Schultz
Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação

Geneflides Laureno Geneflides Laureno
O partido dos Panteras Negras: luta antirracista e a revolução nos Estados Unidos

O partido dos Panteras Negras: luta antirracista e a revolução nos Estados Unidos

Jones Manoel Jones Manoel
Filosofia

Filosofia

Suze Piza Suze Piza
Gerenciamento de Estresse

Gerenciamento de Estresse

Dani Oxer Dani Oxer
O que você ainda não sabe sobre racismo

O que você ainda não sabe sobre racismo

Jessé Souza Jessé Souza
A Faixa de Gaza: Guerra e Colonialismo

A Faixa de Gaza: Guerra e Colonialismo

Isabela Agostinelli Isabela Agostinelli
Um Estado genocida, uma Democracia excludente

Um Estado genocida, uma Democracia excludente

Viviane Gouvêa Viviane Gouvêa
Inteligência Artificial: temas e prática

Inteligência Artificial: temas e prática

Nelson Augusto Oliveira de Aguiar Nelson Augusto Oliveira de Aguiar
Inglês

Inglês

Julia Barreiro Julia Barreiro
How to Stop the Doomsday Clock (Como Parar o Relógio do Juízo Final)

How to Stop the Doomsday Clock (Como Parar o Relógio do Juízo Final)

Noam Chomsky Noam Chomsky
Como começar seu canal no YouTube

Como começar seu canal no YouTube

Helder Maldonado e Marco Bezzi Helder Maldonado e Marco Bezzi
Grandes Pensadores: A formação do seu senso crítico

Grandes Pensadores: A formação do seu senso crítico

Jessé Souza Jessé Souza
Fotografia Contemporânea na Era Digital

Fotografia Contemporânea na Era Digital

Ricardo Stuckert Ricardo Stuckert
Economia Comportamental

Economia Comportamental

Eduardo Moreira Eduardo Moreira
Mahatma Gandhi: Desobediência e virtude

Mahatma Gandhi: Desobediência e virtude

Lindener Pareto Lindener Pareto
ChatGPT: O que podemos aprender com os robôs

ChatGPT: O que podemos aprender com os robôs

Robson Ferreira Robson Ferreira
+ DE 250
cursos online
+ DE 4.000
horas de aulas
+ DE 70.000
alunos
+ DE 25.000
bolsistas

Quem Somos

Somos um instituto de educação e cultura que acredita que a verdadeira liberdade só pode ser alcançada pelo conhecimento. Buscamos democratizar os conteúdos essenciais ao desenvolvimento humano integral, tornando-os simples e acessíveis a todos.

Surgimos com a certeza que o aprendizado é notável quando este processo é agradável.

Nascemos com a missão de mostrar que não existem barreiras quando há vontade de pensar e aprender. O nosso propósito é mostrar o caminho para que você se liberte pelo conhecimento.

Vamos juntos construir o futuro que o mundo precisa?!

Depoimentos

Veja a opinião de nossos alunos

FAQ

Dúvidas Frequentes

Você pode se tornar um membro fazendo sua assinatura pelo cartão de crédito e PayPal. Para outras formas de pagamento, fale com nossa equipe pelo Whatsapp, chat aqui na página ou email contato@institutoliberta.com.br

O Instituto Conhecimento Liberta é 100% independente. Nosso projeto é mantido pelo apoio de nossos membros.

Sim, se você quiser desistir da compra nos primeiros 15 dias, basta entrar em contato com o suporte da plataforma dos cursos ou enviar um email para contato@institutoliberta.com.br solicitando o cancelamento. Você receberá o reembolso integral de qualquer valor já pago.

Você sempre pode contar com nosso suporte técnico através do email contato@institutoliberta.com.br. Responderemos o mais rápido possível.

Renovação automática da sua assinatura, sem taxas de cancelamento.

Todas as aulas que forem transmitidas ao vivo ficarão gravadas na sua área de membros para que você possa assistir sempre que quiser.

Enquanto durar sua assinatura, você sempre terá acesso a todos os cursos.

Não há limitação de cursos a serem feitos simultaneamente. O aluno pode fazer de acordo com os interesses e disponibilidade de tempo.

Os cursos em sua maioria estão divididos em aulas de aproximadamente 1 hora de duração. Você pode definir sua própria programação conforme o tempo disponível.

As bolsas são direcionadas à pessoas de baixa renda ligadas a entidades sociais parceiras do projeto. Veja na seção das entidades parceiras o nome das instituições e entre em contato com as mesmas para requerer uma bolsa de estudos.

Sim, os cursos têm certificado de conclusão e a emissão pode ser feita pela área de membros, após a conclusão de cada curso.

Caso tenha optado pela forma de pagamento em cartão de crédito, dentro de alguns minutos você receberá um email da plataforma dos cursos com as informações para o seu acesso. Se tiver feito sua inscrição por outra forma de pagamento, você receberá esse email em até 3 dias úteis, que é o tempo máximo que a plataforma leva para confirmar o pagamento.

Sim, você pode fazer a troca do tipo ou da periodicidade do plano dentro do período de garantia ou na renovação do seu plano. De mensal para anual a cada mês e de anual para mensal a cada ano.

Sim, nas assinaturas mensais serão canceladas as cobranças a partir do próximo mês. Nas assinaturas anuais, serão canceladas as cobranças a partir do próximo ano, ou seja, na prática o que acontece é que sua assinatura não será renovada. Lembramos que o reembolso de valores ocorre somente quando a solicitação de cancelamento é feita dentro do período de garantia (15 dias após a efetivação da sua inscrição de entrada no Instituto Conhecimento Liberta).